September 4, 2016

Qual a melhor esteira do mercado? | Guia de Compras

Post by ergometrica

As Esteiras elétricas são o equipamento de exercício mais popular disponível atualmente. É fácil encontrá-las na casa de seus amigos e nas academias, onde formam um batalhão de equipamentos.

Este tipo de equipamento, apesar de seu tamanho, tem como principal benefício permitir que os usuários treinem para uma ampla gama de esportes ou atividades em lugares fechados. Além disso, com uma esteira, você é capaz de controlar velocidade e inclinação com maior acuracidade.

Com isso, é possível criar resistência, queimar uma quantidades significativas de calorias e melhorar a sua performance em outros esportes.

Uma esteira de alta qualidade pode fornecer uma maneira segura e divertida para toda a família iniciar e permanecer no caminho para um estilo de vida saudável. É muito importante escolher um equipamento que consiga ajudá-lo a atingir seus objetivos e que não te dê dor de cabeça.

 

Polimet EP-1600

qual-melhor-esteira-eletrica-ergometrica

Essa esteira é um dos modelos mais vendidos atualmente. Focada no publico que quer realizar caminhadas e não quer gastar muito, o EP-1600 tem velocidade máxima de 09km/h e tem peso máximo de 110kgs.  Perfeito para quem quer começar a malhar em casa!

Kikos – E1000

esteira kikos e1000

A kikos e1000 sustenta até 140kg de peso com seu motor de 2.3HP e chega até 16kg. Os 2 anos de garantia são bastante importantes para confirmar a qualidade desse equipamento. Ótimo para uso residencial e profissional.  Melhor custo benefício para quem já treina. 

Kikos KS3403I

esteira kikos

Inclinação de 0 até 15%, velocidade até 20km/h, motor de 3.0hp e aguenta até 140kg além de possuir diversas funcionalidades eletrônicas e ser dobrável. Equipamento indicado para academias e esportistas de alto de rendimento. 

COMO ESCOLHER SUA ESTEIRA

Como sempre comento, antes de escolher qualquer tipo de produto, é necessário que você compreenda e defina qual é a sua real necessidade. Algumas das principais perguntas que você tem de fazer é:

  1. Quais são as pessoas que utilização a esteira?
  2. Qual é o tamanho e o peso de cada uma delas?
  3. Você já tem experiencia com corrida? Talvez precise de um equipamento que atinja maior velocidade.
  4. Qual é o espaço que você possui para colocar a esteira?
  5. Você precisa que ela ofereça opções de inclinação?

Tendo consciência de todos estes pontos, você pode passar para o processo de escolha:

Motor

Esteiras motorizadas têm um motor que impulsiona o cinto e outro (o motor do elevador) que sobe e desce da cama correndo para criar uma inclinação. O primeiro motor não só suporta todo o seu peso em cima do cinto, como ainda deve impulsioná-lo em velocidade constante.

Uma esteira tem como seu principal item o motor, então não adianta que ela seja toda tecnológica e bonita e cheia de funções se o motor é fraco ou não funciona corretamente.

Com um equipamento com bom motor, você será capaz de controlar efetivamente o ritmo de seu treino, bem como não se preocupar com o funcionamento da máquina se estiver acima do peso.

Para medir a potência de uma esteira, os fabricantes utilizam cavalos de potência, ou HP (Horse Power) e dividem os dados em duas diferentes segmentações:

Potência de pico: é a potência máxima que uma esteira pode gerar para um curto período de tempo. Este pico de potência é geralmente maior do que a capacidade contínua de um motor.

Potência em operação contínua: Esta é a quantidade de potência do motor que é consistentemente entregues durante o uso pesado durante um período prolongado de tempo, ou seja, é a potência entregue quando você está utilizando. a potência contínua melhor ajuda a determinar quais esteira irá acomodar o seu uso exercício

RESUMINDO – De um modo geral, quanto maior for o motor, mais poderoso ele será e por mais tempo e com maior regularidade conseguirá operar.

  • Caminhada ou Trote Leve 1.0 hp de pico e  1.5 hp em operação contínua
  • Corrida: 1.5 hp – 2.0 continuous hp

Inclinação

esteira inclinadaA inclinação é uma opção existente em algumas esteiras e que levanta a base do equipamento para que haja um aumento de resistência. Essa funcionalidade visa simular uma corrida morro acima, tornando o treino mais desafiador, queimando mais calorias e aumentando ainda mais o tônus muscular.

Equipamentos com Inclinação manual necessitam que você altere a inclinação por si mesmo; o padrão oferecido pelo mercado são de 4 níveis diferentes: 3%, 5%, 7% e 9% de inclinação. Elas são mais baratas do que as opções com ajuste automático, mas tem o lado ruim de você ter de sair do equipamento para fazer a mudança.

A opção de Inclinação automática é indiscutivelmente mais conveniente e fácil de usar. Existe em equipamentos mais caros e de maior qualidade e oferecem uma inclinação de 0% até 10%.

Amortecimento

Esteiras são projetadas para amortecer o seu passo, e diminuir a pressão sobre todos os outros muscúlos se comparado com uma corrida ao ar livre, sobre o cimento. Isso é especialmente importante se você tiver qualquer tipo de problema no joelho, tornozelo, quadril ou outros problemas comuns.

Pode parecer que não, mas diferentes tipos de cintas podem gerar diferentes sensações de conforto e maior ou menor amortecimento para suas pernas e articulações. Na hora de realizar uma compra é importante checar se o equipamento possui algum tipo de sistema de amortecimento e se possuir, se é uma nova tecnologia. Checar se o equipamento possui o selo INMETRO também é outro ponto importantíssimo na hora de realizar sua escolha.

Cinta

As Cintas variam bastante em tamanho e possuem especificações que podem ser mais voltadas para aqueles que querem caminhar ou para corredores.

As larguras de correias podem variar de 16 polegadas (40centímetros) até 22 polegadas (55 centímetros), enquanto os comprimentos variam de cerca de 45 polegadas (115 centímetros) até 60 polegadas (150cm)

Algumas pessoas preferem uma versão menor e mais compacta do equipamentos, já que isto as obrigará a manter um ritmo mais constante e rápido em seus treinos. Outros acham que os cintos mais largos são mais confortáveis e ajudam a ajustar o seu passo. Isso vai depender bastante de como você se sente melhor. O único ponto a ser análisado aqui é que cintas curtas não irão acomodar pernas compridas. Se você tem pernas longas, você deve definitivamente olhar para uma esteira com uma cinta maior, tanto em largura como em comprimento.

Velocidade

A maioria das esteiras oferecem ajuste de velocidade entre 0 e 16km/h. A maioria das pessoas realiza a caminhada entre 4,5 e 9km/h e corre entre 9 – 16km/h, então não há necessidade de velocidades maiores para iniciantes.

Se você quer apenas caminha e realmente não pretende ou nem pode correr, tente optar por esteiras mais simples e que não cheguem a velocidades tão altas, como a Sport 6.0, que vai até 10km/h. Você vai economizar um bom dinheiro com isto.

Para corredores mais experientes e para academias, uma velocidade maior é interessante. A Kikos KS3403I, por exemplo, consegue atingir até 20km/h.

A maior preocupação está no motor aguentar essas velocidades por grandes períodos de tempo, então acabamos voltando para o primeiro ponto que abordei: qualidade do motor.

Controles Computadorizados

Atualmente existem algumas esteiras que vem pequenos computadores que trazem boas funcionalidades. Existem opções em LCD (Liquid Crystal Display) ou em LED (Light Emitting Diode), que é mais brilhante e fácil de ler.
A maioria das esteiras têm algum tipo de programação de computadores, que vão desde um simples odômetro e velocímetro para treinos até capacidades de armazenamento pré-programados, como controles de como velocidade, distância, ritmo cardíaco, ritmo, calorias queimadas, voltas efetuadas, tempo decorrido, inclinação e mais algumas outras funcionalidades específicas.

Eu recomendo que você encontre um equipamento com funcionalidades que se adequem ao seu orçamento, mas não deixe essas funcionalidades passarem por um pequeno desconto. Essas leituras de progresso podem parecer desnecessárias, mas oferecem uma ótima motivação para aumentar a intensidade e adicionar desafios para o seu treino. Isso funcionou e ainda funciona muito bem para mim, então é realmente uma recomendação bastante pessoal.

Os monitores de freqüência cardíaca são uma adição valiosa para uma rotina de exercícios. Uma vez que sua zona alvo de Frequência é programada, alguns modelos conseguem ajustar a velocidade e a inclinação de acordo com esses dados e trabalham para manter a zona de freqüência cardíaca desejada, oferecendo um treino bastante eficiente para a perda de peso e aumento de resistência.

Desligamento de Emergência

Muitas esteiras têm um interruptor de emergência que desliga a máquina quando pressionado. Algumas versões contém também um sistema que só pode ser ligado com teclas especiais ou com um código eletrônico, o que lhe permite controlar quem usa. Isto é uma função ótima para aqueles que tem crianças pequenas em casa e não quer que elas se machuquem.

Mobilidade e Tamanho 

Se o espaço é uma preocupação, procure por um modelo menor ou para um modelo que se dobra para armazenamento quando não estiver sendo usado
Muitos modelos de dobrar para que você possa deslizar-los em um canto ou fora do caminho. O modelo Houston EF15A2 é um bom exemplo disto.

 

RESUMO

  • Quanto maior o motor, maior será sua potência. Tente encontrar um equipamento com o melhor motor possível dentro do seu orçamento
  • Existe opção de inclinação? Opte pela inclinação automática se possível, mas a inclinação manual já é uma boa opção.
  • Analise se há algum sistema de amortecimento e se o produto possui selo do INMETRO
  • Escolha um tipo de cinta que se adeque ao seu tamanho e tipo de treino. Se você é muito grande, não escolha um equipamento pequeno.
  • Tente adicionar o máximo de funcionalidades computadorizadas com o orçamento que possui.
  • Opte sempre por equipamentos com desligamento de emergência, principalmente se você tiver crianças em casa.
  • Se o seu espaço é pequeno, tente encontrar opções de esteiras dobráveis.